tumblr969@gmail.com

terça-feira, 15 de julho de 2014

A minha dor alheia...

Conseguem-me ouvir?! 
Estou a gritar por ajuda mas, ninguém me ajuda, estou a chorar mas, ninguém me ouve.
E se aumentar o volume um pouco mais será que alguém me pede para o diminuir?!
Será que alguém se vai dar conta que eu estou mesmo aqui?!
Quero fazer barulho. Vim para aqui com o direito de lutar por aquilo que acredito, em vez disso, engulo as palavras dos outros, a alma sangra tanto que por esta altura já estava morta.
Dor alheia, sem origem, fria e vazia, agarrada ao meu corpo como cola e baixo eu suspiro:
"A rapariga que conheces nem sequer existe."
-A.C.

3 comentários:

  1. Mais uma vez um ótimo poema :)
    Se precisares de desabafar estou aqui sweetie ♥

    Beijinhos ♥

    PS: Responde no teu blog (aqui) para não teres trabalho eu vejo sempre pois recebo um email a avisar ^^.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por tudo querida <3
      Beijinhos :*

      Excluir
  2. Escreves tão bem!
    Oh, força rapariga! Grita para aí, desde que deites tudo para fora!

    ResponderExcluir

Respondo a todos os comentários nos vossos blogs a não ser que não tenham um.
Agradeço qualquer comentário e obrigada por passarem pelo meu cantinho♥